Orçamento e GOP da UF chumbado

Desde o primeiro orçamento que contestamos os orçamentos apresentados.
Foram e são ajustes diretos milionários nos primeiros anos, votações em causa própria que temos denunciado uma forma de estar com que não concordamos de servir a Freguesia. E o que dizer de o PS votar contra uma moção intitulada “Pela construção urgente de um Hospital público no concelho de Sintra e em defesa da melhoria dos cuidados de saúde”?! De que tem medo o PS e o sr. Presidente?? Mas disso falaremos noutro texto.

Desta feita, ao nosso voto contra juntou-se a CDU e as abstenções do PSD e do BE. Estranho o CDS, na reunião do executivo, ter-se abstido e depois na Assembleia votar favoravelmente um orçamento que contempla verbas de quase 150 mil euros em várias rubricas para informática, onde mais que duplica a verba de receitas dos campos de férias porque não há autocarro e quem vai pagar é o utente, porque a verba de locação de edificios aumenta em 5 mil euros, porque há cerca de 62 mil euros em pessoal de tarefa e avenças, porque os serviços de apoio financeiro aumentam quase para o dobro, porque… Deixamos o video da Saloia Tv e aqui em baixo o texto que sustenta a nossa votação.

A História tem que ser diferente

Em Assembleia de Freguesia de Massamá e Monte Abraão votámos, uma vez mais, contra um orçamento cujas opções e políticas defendem apenas os interesses de alguns, aumentam as assimetrias e, ao contrário do apregoado, estão distantes das pessoas, dos fregueses e das suas necessidades.

E, ao fim de 3 anos, com os votos contra da CDU e as abstenções do PSD e do BE, o Orçamento foi chumbado e, acima de tudo, finalmente, foi dado um cartão vermelho a uma política que privilegia os interesses de poucos e não considera os interesses da população de Massamá e Monte Abraão.

Depois de ajustes diretos escandalosos nos primeiros anos continuamos com a contemplação em orçamento de verbas adjudicadas a empresas e serviços que urge clarificar. Falta transparência e falta critério e estratégia, não política, mas de aplicação de dinheiros, dos nossos impostos, que resolvam os problemas que a freguesia tem.

E votamos contra porque as dotações revelam a continuação de uma política demagógica e eleitoralista.

  • Não vemos, ao fim de 4 anos, a UF a pugnar por uma obra social que urge fazer. Continuamos sem equipamentos qualificados de oferta para idosos, carenciados e crianças e anunciamos ciclovias;
  • Vemos serem feitas obras apressadas e sem critério que nada acrescentam de melhoria e, no seu final, revelam problemas e insuficiências resultantes de má execução (veja-se a Antonio Correia de Sá e a Capitão Gomes Rocha);
  • Continuamos a ver verbas elevadas para suportar a rega de espaços verdes (temos das taxas mais altas do Distrito) e a perceber que as verbas orçamentadas não correspondem a uma efetiva qualidade do serviço, nomeadamente, na manutenção, varrição e limpeza;
  • Continuamos com problemas nos equipamentos desportivos onde não há um efetivo acompanhamento e conhecimento da realidade do trabalho e das condições de cada um. Não basta aparecer para a fotografia. Sabiam que recentemente houve uma intervenção no Complexo Juan Carlos Cifuentes (piscina e pavilhão) e que continua a chover dentro do pavilhão? E sabiam que a junta nada fez para resolver o problema nem apresenta soluções para resolver em 2017 um problema que prejudica centenas de utilizadores e já provocou, pelo menos, um incidente grave a um treinador??
  • O orçamento contemplava verbas na ordem dos 150 mil euros na área da informática. Segundo o Presidente para resolver problemas de funcionamento. Depois de um novo site de de 3 anos no ativo só agora temos problemas de funcionamento ou as eleições trazem novas necessidades?
  • Sabiam que estão consignados 33 mil euros para aluguer de autocarro porque os da UF chegaram, por lei, ao limite de anos e não podem transportar crianças, por exemplo? E que fez o executivo? Nada!! Com tanto dinheiro nos cofres municipais a CMS deveria dotar as freguesias de respostas nesta área apoiando o movimento associativo e as escolas. Mas não!!
  • Aumenta-se a verba para locação de edifícios em quase 5 mil Euros, duplica-se a verba para Concursos, anúncios e informação de 3 para 6 mil euros, a publicação “Acontece”, tão irregular até hoje, vê a verba atribuída aumentar me mais de 5 mil euros…
    Podíamos continuar mas este continua a ser um orçamento demagógico e pouco direcionado às necessidades prementes da população e com incidência em manobras e propaganda eleitoralista como se pode ver no último parágrafo. Um orçamento que prevê 150 mil Euros, mais de metade da verba consignada a Intervenção comunitária, cultural e desportiva, para gastos em informática num ano, fala por si e contradiz a anunciada politica virada para as pessoas.
    Não precisamos de demagogia nem de politica virtual, feita online e nas redes sociais em nome do Presidente. Precisamos de proximidade e real conhecimento das necessidades das pessoas e da população e de uma política transparente, de estratégias bem definida e clara de investimento nas diversas áreas das duas localidades da Freguesia. Por isso votámos contra!!”

A Saloia TV dá conta do “chumbo” ao orçamento. Veja o vídeo: 

Massamá e Monte Abraão – Orçamento Chumbado
Votos contra da CDU e do MOVIMENTO SINTRENSES COM MARCO ALMEIDA
Abstenção do PSD e do BE.
Veja o video na SALOIA TV, a Televisão da Nossa Terra.

Anúncios
por Sintrenses com Marco Almeida - União Freguesias Massamá e Monte Abraão

Comente! Contribua! Participe!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s